sexta-feira, fevereiro 13, 2009

O Lago


Gota a gota o lago vai recebendo a dádiva do ceú.
As gotas comos os dias são todas iguais e todas diferentes
O Sol ou a sua ausência transformam
as gotas e os dias ora de ouro ora de prata.
O lago é acordado pelas gotas que em circulos perfeitos desenham o som concêntrico.

Rodeado de terra
é comprimido até aos dias de tempestade em que zangado trás consigo os designios do dilúvio, chuva e vento, arrefece e gela ficando duro e frio até ao ventre da própria terra. A vida no lago contínua ... dentro e fora.

Debaixo do seu manto as algas
dão guarida aos peixes que no Inverno hibernam até ao acordar da Primavera.

No ar o lago também tem vida. Todas as manhãs é despertado pelo denso nevoeiro que se evapora com o vôo raso dos pássaros aquecido pelo astro do dia. o Lago da vida sorria ...

gota a gota,


dia após dia.

domingo, fevereiro 08, 2009

A vida não é um desporto de espectadores


porque viver é mais do que existir.


video

domingo, fevereiro 01, 2009

Homem de ninguém


Sim sou um homem de ninguém,

tenho o vento por sentido e a lua por amante,

a vida essa ao contrário do que pensas é vivida no fundo de uma estrada sem fim,

há sempre mais a alcançar, a viver.

Não roubo amor porque o sinto, roubo a alma.

Vou para lá do sentir, do tocar ...do continuar.

Não quero compaixão ... apenas te digo que caio, bato em dias de tempestade com a alma no lama

e sinto ... o cheiro da terra, ... do ventre da mulher que anseio novamente.

Conheço o teu desespero ... quando olhas o mar

e vens até mim em sentidos ocultos pelas brumas do amanhecer.

Sim sou um homem de ninguém ...

mas todos os dias vou renascer.