terça-feira, março 22, 2005

Vertigem azul


Num penhasco onde o gelo e a neve são os teus companheiros de viagem
a alma conhece uma vertigem azul e os ramos das árvores esqueceram o verde.
O branco é a cor dominante, pesa nos passos que dás sobre a neve, da terra ao céu
todo o horizonte é assobiado por um vento gélido, branco que te contraria,
quase que te podes apoiar sobre ele.
A vontade de quebrar o corpo após horas de caminho e de um frio que te gela é arrebatadora.
A neve cria um manto bonito ao olhar mas desorientador ao espírito.
Numa tempestade de neve não há estradas ou caminhos que te guiem, só formas envolvidas em lençóis do mais puro branco.
A sensação de cansaço na neve torna o corpo dormente convidando-nos,
a ficar logo ali, sem mais um passo . . . desistir. No momento em que o fizeres nunca mais te levantas . . . acabarás por sucumbir.
Na vida estes momentos testam a nossa resistência física mas sobretudo psicológica.
Tens de saber alimentar o corpo e a alma.
O corpo com bebidas quentes, sobretudo não alcoólicas, porque o álcool provoca
a dilatação dos poros e cria uma falsa sensação de calor e o resultado pode ser desastroso.
Sugestão chá quente, na Ásia o chá é bebido com manteiga, algo que contradiz os paladares
ocidentais, sobretudo se a manteiga for caseira.
Frutos secos e oleaginosas, hidratos de carbono, ajudam a manter o nível de energia do corpo.
Para a alma tens :
as recordações . . . de quem amas, o abrigo da tua alma.
as recordações . . . de objectivos alcançados, se venceste ontem, saberás vencer hoje.
as recordações em antecipação . . . do momento que te espera quando chegares, à casa, ao abrigo mais próximo.
O abrigo surge a meio da montanha, o caminhar é mais vigoroso,
De tempos a tempos, um olhar para trás, ao caminho percorrido empurra-te para a frente,
Entro, o calor abraça-me, as roupas húmidas fazem-me companhia.
Acendo a lareira, ligo o rádio e o abrigo canta:


tudo numa vertigem azul.

6 Comments:

Blogger Um Olhar Sobre... said...

Este template é lindo, é igual ao meu primeiro blog, e não há amor como o primeiro :).
Este post é uma coisa de sonho, quer em texto, quer em imagem.
Eu troquei de momento as palavras pela imagem, também uma forma bonita de ver a vida.
Segue o sinal.
beijo da Lina (Mar Revolto)

1:50 da manhã  
Blogger Um Olhar Sobre... said...

Esqueci-me de dizer que vou sair por uns dias e queria desejar-te BOA PÁSCOA!
Outro beijo

1:53 da manhã  
Blogger Cassiopeia said...

Aqui vim ser sugada pelo vórtice da vertigem azul. E encontrei um sentimento que subjaz às minhas naturezas-mortas, como lhes chamaste: a melancolia.
Sabes, sou muito sensível à natureza - de verdade que sou. Mas tenho de admitir que sou inveteradamente urbana. :)
Muito obrigada pela visita - serás sempre bem-vindo e espero que eu também.
Beijos e Páscoa Feliz!

8:31 da tarde  
Blogger Selma said...

Não sei de onde te anda a sugir tanta inspiração (quero meia dúzia para mim também). Os teus textos têm estado maravilhosos e as imagens vão complementando divinamente as palavras. beijinhos

12:34 da tarde  
Blogger Estrela do mar said...

...Luis...venho desejar-te uma Páscoa feliz...dentro do possível...
Um beijinho* .

12:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! http://www.pontiacgrandprixbodykits.info/hack-ntl-broadband.html Pentax slr digital cameras Antidepressant chart effects Diet online pill water and hiking shoes Search engine placement gent Home insurance owner arizona quote dean cadillac time capsule magenta hiking camping 20 holubar down hiking gear Miss latina bay area Polk county home security

7:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home