sexta-feira, julho 15, 2005

A cadeira




Agora que o tempo convida a momentos de leitura, repouso, o ideial seria uma cadeira
ergonómica, que fosse cadeira e cama simultaneamente, e porque não cheia de estilo.
Em 1928 um arquitecto, desculpem um dos maiores arquitectos que a face da terra já conheceu,



concebeu este objecto de design a Chaise Longue, uma peça de arte, em que nós à primeira vista nem ligamos muito, experimentamos e verificamos que é uma peça que não tem só design,
o apoio que dá a todo o corpo é correcto, relaxante e reparem ... está apoiada em 2 rolos,



permitindo assim alterar a posição da cadeira, de uma posição de leitura para uma posição de repouso em que as pernas ficam mais altas que o resto do corpo. O aço cromado da estrutura contrasta com a pele que pode ter várias tonalidades, a cor mais comum é o preto.
Como é uma peça de design internacional pensaram vocês que custa uma fortuna, mas se permitem para quem estiver interessado, eu sugiro que façam um levantamento dos preços por várias casas de móveis, procurem na net e se quiserem eu indico um lugar onde descobri uma a um canto, em promoção no meio de muitos móveis e sofás, porque as pessoas olham mas não vêem, nem dão o relevo que esta peça merece ... experimentem e depois digam.

4 Comments:

Blogger Cassiopeia said...

Mmmmmmmmmmm... Preço, por favor, porque a minha noção de pechincha não equivale à de muitas pessoas nestes de tempos de particular penúria. Adoro esta peça bem como algumas do Alvar Aalto.
Querido Luís, muito obrigada pelas tuas palavras e por me remeteres para o teu belo post de Nov. de 2004, altura em que nem sequer imaginava ver a navegar por aqui. Belo porto onde vim ancorar.
Beijo rodopiante

10:35 da manhã  
Blogger Hipatia said...

Vim ver da cadeirinha :) E tens toda a razão ;)

12:32 da manhã  
Blogger Misty said...

Luís D.

Tens razão, já me posso sentar! Acredites tu ou não, esta é uma peça que tem particular significado num sonho que tenho há varios anos (facilmente confirmavel através de testemunhos fidedignos das minhas amigas! ...lol): enriquecer e tornar-me uma dondoca da Chaise Longue!
Esta é fantástica.
Já agora, que ando numa onde de mobilar a casinha, diz lá onde é que se arranjam "pechinchas"...porque, penúria oblige...

Bêjo

9:39 da manhã  
Blogger Ana said...

Se houve coisa que gostei de estudar no programa de historia deste 12ºano foi mesmo a arte e o funcionalismo que se pretendeu.*

11:23 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home