quinta-feira, novembro 18, 2004

Um



Meditar-te... o corpo, sonhar a alma.

Deitada sobre o leito que te acolhe
Sinto a tua alma, percorrendo-te de forma suave e sublime
Em arrepios que a nossa pele conhece da ténue separação
Que os nossos corpos permitem
Como uma brisa que antecipa a madrugada
As minhas mãos descobrem os contornos
Da tua harmonia
Em círculos onde os meus polegares aspiram a vontade
De te sentir, de te preencher…
Em círculos ascendem ao longo dos teus vales…

Aí meditamos, reflectimos, unindo a realidade ao sonho
Tu que querias esta entrega meditando,
Reflectes o sentir, anuindo a realidade
Que então eu te concretizo,
A calma, a paz, a concentração destes momentos…
Em que apenas o suave som do sentir
É antecipado pela nossa respiração sincronizada…
Aos poucos mais profunda… mais intensa… mas suave.

Uma gota de óleo de palma atreve-se
Sobre o lânguido vale das tuas costas
Percorrendo, à medida que arqueias e respiras o teu ser
Em gestos que tu sonhaste,
E eu sufoco de intensos e voluntariosos.

A delonga contida e prolongada
Dá lugar ao desespero do tempo que há muito se perdeu,
A minha alma em chama arde
Inflamando-te os lábios que o corpo conhece.
A boca do corpo esfomeada suga intensificando
A nossa união… de tanta contenção, de tanto desespero,
Percorre-se agora… pelo equilíbrio da deleita
Em que os nossos olhos se encontram
Retribuindo as carícias que as mãos unidas se esqueceram.

Luis Duverge

Num momento sem tempo nem lugar...
Beijamo-nos enquanto acaricias cada parte de mim.
Os meus dedos percorrem-te numa busca calma da tua alma.
Devagar... sem pressa de chegar... temos todo o tempo do mundo.
Também te quero sentir... num momento que é só nosso.
Porque me amas... porque te amo... porque somos um do outro.
Olhas-me, olhos nos olhos.
Nem precisamos falar, porque tudo é dito no silêncio deste amor.
Tanto que aprendemos quando percorremos devagar cada poro...
Sentimos o odor do corpo que tão bem conhecemos.
Despenteamos os cabelos... despenteamos a alma...
E tocamo-nos... suavemente.
Fazes-me sentir sublime, divina... porque vives em mim.
Devagar sinto-te entrar... bem devagar...
E dançamos em passos ligeiros neste imenso descobrir.
Respiração controlada... olhos nos olhos... mãos entrelaçadas... bem devagar.
E jogamos este jogo lentamente...
E brincamos enquanto as línguas se misturam nos sabores de nós.
Uvas?... Hummm... tão bom uvas fresquinhas e suculentas.
Bem devagar... um amor bem devagar...
Sinto-te, quente em mim... dançamos?...
Sim dançamos um pouco...
Um pouco mais, mais, mais... sente-me bem agora.
Olhar-te nos olhos, ver-te sorrir para mim enquanto te sorrio...
Falamos sem palavras tudo o que nos vai na alma... sentimos... tocamos... cheiramos...
Demoramo-nos no imenso nós que reconhecemos a cada instante.
As mãos unidas novamente... num abraço de ternura.
Beija-me, sim... percorre-me suavemente...
Sente o bater do meu coração... o calor da minha respiração.
Olhos nos olhos... num descanso lento e saboroso...
O teu corpo no meu... prazer bem devagar.
Sinto-te... bem lá no fundo... somos um...
Sinto-te devagar e fundo até ao êxtase sublime... iluminado...
Em perfeita sintonia...
Um que somos... que estamos... que vivemos!

Gilda Seomara

7 Comments:

Blogger Maria Branco said...

Encontrei em cada palavra, a sensualidade, o desejo, a paixão, e um profundo amor! As palavras faltam-me perante estas vossas, digo-vos apenas meus queridos, que vos adoro, e que tenho um orgulho imenso nos dois! Quero-vos saber felizes! Sempre...
Um beijo branco, meu querido irmão, outro para ti, querida Gilda! Obrigada por este momento, saio a transbordar de emoções, e com um sorriso imenso!!

6:20 da tarde  
Blogger carlos said...

corpos refulgentes...

6:47 da tarde  
Blogger amita said...

Que comentar se vocês tudo disseram? Excelente. Bjinhos

10:01 da tarde  
Blogger Vera Cymbron said...

...
Amei a forma dos teus sentidos nus
...
Permite-me chamar-te de meu "Bocage"!
Jinhos

10:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Uma palavra para o que li de ambas as parte....PERFEITO! Um grande beijinho para os dois~! Saio daqui hoje com um sorriso enorme...sorriso por vocês! =) Caratina. http://chamaoculta.blogs.sapo.pt

1:41 da tarde  
Blogger Selma said...

Mais uma vez ler-te é um prazer tão grande como aquele que descreves. Um beijinho

9:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Best regards from NY! baccarat arlequin votive Pharmacy consult vicodin no prescription Sofware dvd players Nassawadox financial planning Insurance car auctions 7550a plotters Lyric system of down roulette baccarat ville

7:24 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home